Regiões Norte e Noroeste Fluminense do Estado do Rio de Janeiro

CAMPOS: Bebê nasce com anticorpos da Covid-19 .

Menina nasceu na Beneficência Portuguesa no dia 29 de maio.

A-
A+
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando
No último dia 29 de maio, nasceu uma bebê do sexo feminino, na maternidade da Beneficência Portuguesa, em Campos, com anticorpos para o vírus da Covid-19. O resultado do exame da neném, colhido após seu nascimento, foi informado no domingo (6) pelo laboratório Hermes Pardini, de Minas Gerais.
A menina nasceu de uma cesariana. A mãe, de 42 anos, relatou que teve Covid-19 no primeiro trimestre de gestação, não tomou nenhuma vacina, o que levou a pediatra a pedir que fosse feito o exame, que não é comum, na criança. O estado de saúde da recém-nascida é bom e sem sinais de comorbidades.
Segundo o coordenador da Maternidade da Beneficência, Denisley Henrique de Jesus, não se tem conhecimento de casos semelhantes na região. E, por isso, a unidade pretende continuar no acompanhamento mãe e bebê e publicar o caso. "Sabemos de casos de unidade ao vírus registrado no Sul, mas a mãe tinha sido vacinada, o mesmo ocorreu em Singapura (África)", disse ele.
O caso, ainda informou o médico, será relatado ao setor de epidemiologia do município.

Fonte

Folha 1
  • COMPARTILHE

CAMPOS: Bebê nasce com anticorpos da Covid-19 .

09/06/2021 10:52


No último dia 29 de maio, nasceu uma bebê do sexo feminino, na maternidade da Beneficência Portuguesa, em Campos, com anticorpos para o vírus da Covid-19. O resultado do exame da neném, colhido após seu nascimento, foi informado no domingo (6) pelo laboratório Hermes Pardini, de Minas Gerais.
A menina nasceu de uma cesariana. A mãe, de 42 anos, relatou que teve Covid-19 no primeiro trimestre de gestação, não tomou nenhuma vacina, o que levou a pediatra a pedir que fosse feito o exame, que não é comum, na criança. O estado de saúde da recém-nascida é bom e sem sinais de comorbidades.
Segundo o coordenador da Maternidade da Beneficência, Denisley Henrique de Jesus, não se tem conhecimento de casos semelhantes na região. E, por isso, a unidade pretende continuar no acompanhamento mãe e bebê e publicar o caso. "Sabemos de casos de unidade ao vírus registrado no Sul, mas a mãe tinha sido vacinada, o mesmo ocorreu em Singapura (África)", disse ele.
O caso, ainda informou o médico, será relatado ao setor de epidemiologia do município.
Fonte: Folha 1

Inscreva-se Newsletter

Inscreva-se em nossa newsletter e receba em primeira mão nossas novidades!
[CARREGANDO...]

Parceiros

Publicidade

Deixe o seu contato aqui !