Regiões Norte - Noroeste e Lagos do Estado do Rio de Janeiro

Deus seja louvado!

Notícias Campos dos Goytacazes

Casamento Comunitário no Automóvel Club formaliza a união de 62 casais

Evento acontece no Automóvel Clube Fluminense com direito a banda de música, almoço especial e decoração

Casamento Comunitário no Automóvel Club formaliza a união de 62 casais
IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

O amor e a emoção tomaram conta do ginásio do Automóvel Club Fluminense na manhã desta quinta-feira (24), onde está sendo realizado o casamento comunitário de 62 casais. Para isso, o espaço ganhou decoração especial, se transformando em um amplo salão de festas.     

O evento é promovido pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Humano e Social, através de uma parceria com o Poder Judiciário. O Prefeito Wladimir Garotinho, acompanhado da primeira-dama, Tassiana Oliveira, e do secretário de Desenvolvimento Humano e Social, Rodrigo Carvalho, participam do evento. A cerimônia está sendo conduzida pelos juízes Márcio Roberto Costa e Rodrigo Moreira Alves. 

“É muito bacana a Prefeitura ajudar a realizar sonhos de pessoas que não têm condições de organizar esse tipo de evento. A gente fez uma parceria com a Justiça para a concretização desse sonho. E esse é o primeiro de muitos”, disse o prefeito. 

O casal Alessandra Ribeiro e Maycon dos Santos, juntos há 12 anos, aprovaram a organização do evento. “Nós estávamos bem ansiosos, com uma expectativa grande para esse dia e quando chegamos aqui tomamos um susto com o tamanho do evento, uma arrumação maravilhosa que está muito além do que imaginávamos”, comemorou. 

O Casamento Comunitário garante, de forma gratuita, a união civil dos casais. Para participar os noivos se inscreveram através dos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS), Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS) e Centro de Referência Especializado para Pessoas em Situação de Rua (Centro POP). 

O evento é voltado para casais maiores de 21 anos, que convivam em união estável há pelo menos um ano e com renda familiar de até dois salários mínimos.

FONTE/CRÉDITOS: SUPCOM/ Por: Ruan Barros - Foto: César Ferreira
Comentários:

Veja também