Região Norte Fluminense | Notícias Noroeste Fluminense | Entre Cidades

Deus seja louvado!

Notícias Itaperuna

Campanha de Vacinação Antirrábica em Itaperuna

Secretaria Municipal de Saúde lançou o calendário da Campanha de Vacinação Antirrábica, que acontece no dia 24 de setembro, das 9h às 16h (confira os locais na arte

Campanha de Vacinação Antirrábica em Itaperuna
IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

 

A Coordenação de Vigilância Ambiental em Saúde (CVAS) informa que já está sendo montada toda a logística para o dia D de Vacinação Antirrábica em Itaperuna.

Segundo Adriano Rodrigues de Azevedo, coordenador da CVAS, a estratégia para alcançar o maior número de animais vacinados no dia D, conta com uma força-tarefa, formada por agentes de saúde, veterinários e por voluntários. “A vacinação ocorrerá no dia 24 de setembro, das 9h às 16h e contamos com a colaboração da população, levando os seus cães e gatos para vacinar”, reforça o coordenador.

REQUISITOS PARA A VACINAÇÃO
A equipe de Controle de Zoonoses da CVAS lembra que só poderão ser vacinados cães e gatos que estiverem em boas condições de saúde. A idade para a contemplação da vacinação animal é a partir dos três meses de idade, com a seguinte observação: que ainda não tenha tomado a vacina contra a raiva em 2022. 

De acordo com Evaldo Manhães, responsável pela distribuição das vacinas, a meta é a imunização de 85% de animais. “A estimativa, é que atualmente haja, aproximadamente 4.000 gatos e 11.000 cães. Pedimos que todos tutores levem seus cães e gatos para serem vacinados, no dia D. É importante saber, que o animal vacinado, diminui os riscos, tanto de contágio; como da disseminação do vírus da raiva. Fazendo isso, eles estão protegendo tanto a sua família, como também a população”, finaliza Evaldo.

IMPORTANTE
Na vacinação, os animais devem ser contidos pelos seus tutores. A contenção do animal é de responsabilidade do proprietário. E, o uso do “cambão” não é mais usual nas vacinações contra a raiva, pois pode machucar o animal. Outra importante orientação é que crianças não devem conduzir os animais, somente adultos. Os técnicos, nos postos de vacinação, não são obrigados a conter os animais no momento da vacinação. 

E, não esqueça de levar os animais na coleira, guia ou corrente para que a vacinação aconteça de forma segura e evite que os animais possam fugir. Quando necessário, animais com potencial agressivo, devem estar de focinheiras. Já os gatos devem estar em caixas de transporte. E de preferência, levar uma toalha para a contenção do animal durante a aplicação da vacina.

MINISTÉRIO DA SAÚDE INFORMA
O QUE É RAIVA?
 A raiva é uma doença infecciosa viral aguda, que acomete mamíferos, inclusive o homem, e caracteriza-se como uma encefalite progressiva e aguda com letalidade de aproximadamente 100%. É causada pelo vírus do gênero Lyssavirus, da família Rabhdoviridae.

A raiva é de extrema importância para saúde pública, devido a sua letalidade de aproximadamente 100%, por ser uma doença passível de eliminação no seu ciclo urbano (transmitido por cão e gato) e pela existência de medidas eficientes de prevenção, como a vacinação humana e animal, a disponibilização de soro antirrábico humano, a realização de bloqueios de foco, entre outras.

COMO É TRANSMITIDA?
A raiva é transmitida ao homem pela saliva de animais infectados, principalmente por meio da mordedura, podendo ser transmitida também pela arranhadura e/ou lambedura desses animais.

FONTE/CRÉDITOS: DECOM - Itaperuna
Comentários:

Veja também