Regiões Norte - Noroeste e Lagos do Estado do Rio de Janeiro

Deus seja louvado!

Notícias Quissamã

Agricultura de Quissamã implanta experimento de soja  no Horto Municipal em parceria com a Pesagro 

Secretaria de Agricultura, Meio Ambiente e Pesca de Quissamã, em parceria com a Empresa de Pesquisa Agropecuária do Estado do Rio de Janeiro (Pesagro) implantou no Horto Municipal

Agricultura de Quissamã implanta experimento de soja  no Horto Municipal em parceria com a Pesagro 
IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

A Secretaria de Agricultura, Meio Ambiente e Pesca de Quissamã, em parceria com a Empresa de Pesquisa Agropecuária do Estado do Rio de Janeiro (Pesagro) implantou no Horto Municipal Hermes de Souza Pinto, localizado no Canto de Santo Antônio, um experimento de soja. Dentre o plantio, foram quatro cultivares, sendo duas convencionais, uma precoce e uma transgênica. 

 
 
Os cultivares BRS 517 e BRS 519 são convencionais e têm ciclo de 140 dias. O cultivar BRS 533 tem um ciclo um pouco menor, de 100 dias. Também é chamada de semeadura antecipada, uma prática pouco comum na região. O cultivar BRS 5.980, conhecida como transgênica, tem um período de 140 dias, como as convencionais. 
 
"A Prefeitura está investindo na Agricultura, uma das principais vocações do nosso município. Buscar alternativas, como o plantio da soja, é muito importante para criar opções para os produtores, garantindo mais renda e geração de empregos. Vale ressaltar também a parceria com a Pesagro, que sempre tem apoiado as iniciativas em Quissamã", disse Marcelo Batista, vice-prefeito e secretário de Agricultura, Meio Ambiente e Pesca. 
 
A Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) é responsável pela criação e desenvolvimento de todas essas cultivares. A expectativa é muito grande, pois a soja é muito utilizada na alimentação animal e o rebanho bovino de Quissamã tem aumentado, assim como a produção leiteira.
 
Segundo o técnico em agropecuária da Secretaria de Agricultura, Meio Ambiente e Pesca, Cosme Chagas, foram plantados 1,5 hectares. “O cultivo é experimental e o objetivo é observar quais as variedades serão mais promissoras no município em função do solo, condições climáticas e tipo de plantio”, afirmou.
 
O cultivo da soja está crescendo cada vez mais em todo o mundo e se destacando pela sua alta produtividade. O sojicultor busca novas técnicas para aumentar a produtividade da cultura e atualmente é feito pelo Sistema de Plantio Direto – SPD. Ou seja, sem efetuar o revolvimento do solo, plantando diretamente na palhada da cultura anterior.
 
FONTE/CRÉDITOS: Secretaria Municipal de Comunicação Social
Comentários:

Veja também