O Seu Portal De Notícias !

Deus seja louvado!
EN do couto
EN do couto

Notícias Noticia em Destaque

Parceria avança diagnósticos com IA no setor de saúde

Na pesquisa, a IA pode reduzir o tempo de análise de dados celulares e moleculares, usando tecnologias do Google Health e bancos de dados de bioinformática. Modelagem 3D de proteínas, estudo da metilação do DNA e análise do microambiente de lesões podem ser otimizados para resultados promissores, permitindo novos diagnósticos e tratamentos.

Parceria avança diagnósticos com IA no setor de saúde
Estudos cientificos
IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

O Hub Medical Finance, soluções de inteligência artificial para a saúde e o Instituto Galzu, anunciam uma parceria para implementar IA no Núcleo de Inovação Tecnológica do Instituto Galzu. Essa colaboração visa avançar significativamente no diagnóstico precoce e no tratamento de doenças crônicas.

Inovações tecnológicas na saúde com inteligência artificial

O Instituto Galzu, uma ICT do Estado do Rio de Janeiro, atua em pesquisa avançada, diagnóstico de precisão e medicina personalizada, para melhorar os serviços de saúde e redução dos custos, inclusive no SUS. Liderada pela médica Paula Cabral, a colaboração com o Hub Medical Finance integrará IA para diagnóstico, desenvolvimento de terapias avançadas e gestão da saúde. “Essa parceria permitirá uma medicina mais personalizada”, afirma Dra. Paula Cabral, com foco no diagnóstico precoce e na melhoria das opções terapêuticas em doenças crônicas.

Continua depois da publicidade

Leia Também:

Avanço no diagnóstico e tratamentos com inteligência artificial

A IA acelera diagnósticos com precisão, colaborando para aumentar a eficiência médica sem substituir os médicos. Inteligência artificial (IA) e Machine Learning (ML) são ágeis na detecção de anomalias, tumores e doenças.

Dra. Paula Cabral, CEO do Instituto Galzu, destaca as áreas de atuação da parceria:

Na pesquisa, a IA pode acelerar a análise de dados celulares e moleculares, utilizando tecnologias avançadas de saúde e bancos de dados de bioinformática. A modelagem 3D de proteínas, o estudo da metilação do DNA e a análise do microambiente de lesões podem ser otimizados, resultando em diagnósticos e tratamentos inovadores e mais eficazes.

No diagnóstico clínico, ferramentas automatizadas para analisar exames de imagem e sinais precoces de condições conhecidas permitem intervenções preventivas. No Brasil, o câncer de mama, segundo o Instituto Nacional de Câncer (INCA) https://www.gov.br/inca/pt-br , principal causa de morte por câncer entre mulheres, com cerca de 18.000 novos casos diagnosticados anualmente, tornando crucial o diagnóstico precoce.

A Sociedade Brasileira de Diabetes (SBD) https://diabetes.org.br/ aponta a retinopatia diabética como a principal causa de cegueira entre adultos em idade produtiva, afetando aproximadamente 4 milhões de pessoas com diabetes. Além disso, o glaucoma é uma das principais causas de cegueira irreversível no Brasil, especialmente entre a população idosa. A aplicação de IA e Machine Learning em exames de imagem, como radiografias, ressonâncias, tomografias, mamografias e retinografias, beneficiará radiologistas e pacientes em todo o Brasil.

Na gestão da saúde, a parceria promoverá a interoperabilidade entre os sistemas do setor da saúde e o armazenamento em nuvem. A modularidade e flexibilidade do padrão HL7 FHIR garantirão a integração eficiente dos dados de saúde, conectando o Instituto Galzu e Hub Medical Finance. A anonimização e rigorosos controles de acesso garantirão a segurança e privacidade dos dados dos usuários.

Jeone Miranda, CTO do Hub Medical Finance, expressa entusiasmo pela colaboração: “A plataforma Healthcare API, desenvolvida em parceria com o Instituto Galzu, será um marco na gestão de dados de saúde, conectando hospitais, clínicas e planos de saúde de maneira mais fluida e eficaz. Nosso objetivo é transformar a maneira como os dados são gerenciados, garantindo maior eficiência e segurança para todos os envolvidos.”

Processamento de autorização prévia sem reembolsos

O Hub Medical Finance desenvolveu uma ferramenta chamada “Processamento de Autorização Prévia sem Reembolsos”, que agiliza e aprimora o processo de autorização para o setor de saúde. Reduz a burocracia e proporciona uma experiência mais ágil para os pacientes. Com alertas automáticos, o sistema identifica solicitações de procedimentos não cobertos, evitando gastos desnecessários. Suportada pela IA, a ferramenta fornece informações relevantes aos planos de saúde, contribuindo para o combate à sinistralidade e garantindo a sustentabilidade do sistema, que enfrenta prejuízos anuais de mais de R$ 30 bilhões.

Quando o paciente é elegível ao reembolso, não precisa mais antecipar o pagamento. Esse fluxo de reembolsos tem sido um dos maiores causadores de autofraudes. Essas fraudes aumentam os custos e afetam a sustentabilidade do sistema de saúde suplementar. Após receber os exames online, em até 5 horas o primeiro laudo é emitido para a operadora de saúde. Em seguida, aplica-se a IA como ferramenta de pré-detecção e confirmação da necessidade de procedimentos cirúrgicos. “Mas não paramos por aí”, ressalta Jeone Miranda, CTO do Hub Medical Finance, “dias após a realização dos procedimentos cirúrgicos, um segundo laudo é emitido, chamado de 'Laudo Pericial', para confirmar se o procedimento foi de fato realizado.”

Recursos protegidos e serviços de alta qualidade são os pilares dessa iniciativa.

 

Dra. Paula Cabral, CEO Instituto Galzu

[email protected]

www.institutogalzu.org.br



Website: http://institutogalzu.org.br
FONTE/CRÉDITOS: DINO
Comentários:
Supermercados Fluminense
Supermercados Fluminense

Venha fazer um Bom Negócio!

Cadastre-se agora!