Regiões Norte - Noroeste e Lagos do Estado do Rio de Janeiro

Deus seja louvado!

Notícias Norte e Noroeste

NORTE E NOROESTE FLUMINENSE EM ALERTA: SUBSTÂNCIA TÓXICA CONTAMINA RIO MURIAÉ

Municípios do Norte e Noroeste Fluminense podem sofrer os impactos do acidente que ocorreu na madrugada da última terça-feira (26).

NORTE E NOROESTE FLUMINENSE EM ALERTA: SUBSTÂNCIA TÓXICA CONTAMINA RIO MURIAÉ
IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

 

Um caminhão transportando uma quantidade não determinada até o momento de monoetilenoglicol tombou na BR 356, na altura da Curva da Prata, próximo a cidade de Patrocínio do Muriaé, e derramou parte da carga no córrego da pratinha - um curso d'água do Rio Muriaé. Os municípios do Norte e Noroeste Fluminense podem sofrer os impactos do acidente que ocorreu na madrugada da última terça-feira (26), mas só foi divulgado nesta quarta (27) pelo Centro Estadual de Monitoramento e Alerta de Desastres Naturais do Rio de Janeiro (Cemaden-RJ).

"Os municípios fluminenses na região Norte e Noroeste do estado podem sofrer impactos com a contaminação do Rio Muriaé", alertou o Cemaden-RJ. O acidente, que matou o motorista e deixou ferido seu ajudante, oferece riscos e deixou as autoridades competentes em aviso, pois, segundo informações vindas da empresa responsável pelo transporte do material, 5mg de monoetilenoglicol ingeridos por uma pessoa adulta é suficiente matá-la.

As informações do acidente dão conta que o caminhão tinha capacidade para transporte de 32.420 kg do produto, que é utilizado para a produção de poliéster, anticoagulante e líquido de arrefecimento. Parte do material foi recolhido pela empresa responsável, em conjunto com a Polícia Rodoviária Federal e com o Corpo de Bombeiros Militares de Minas Gerais.
 A bacia hidrográfica do Rio Muriaé é dividida entre o estado de Minas Gerais e o Estado do Rio de Janeiro, sendo a porção fluminense a jusante da mineira. Em situações de contaminação de um corpo hídrico por produtos químicos recomenda-se que a população evite o consumo, o contato com o corpo hídrico em questão e a ingestão de alimentos provenientes do mesmo. Cabe salientar que as medidas a serem adotadas dependem das proporções do acidente, das características do corpo hídrico em questão e da quantidade do produto envolvido. Este centro permanecerá monitorando o evento adverso ocorrido na região - concluiu a nota do Cemaden-RJ. 

As autoridades dos municípios que podem ser afetados não se pronunciaram até o momento. Entretanto, a Defesa Civil de Laje do Muriaé e Itaperuna foram avisadas e estão realizando contato com a CEDAE para verificar a situação da qualidade da água. 

No local as causas do acidente ainda são investigadas, devido ao fato de ter acontecido em uma reta. O caminhão tinha saído de Camaçari, na Bahia, e tinha como destino Macaé. A BR356 teve uma pista interditada de imediato, sendo que posteriormente, ao longo do dia, as duas pistas foram fechadas, até a retirada do caminhão.

FONTE/CRÉDITOS: Folha 1
Comentários:

Veja também