A 19ª edição do Mapa de Risco da Covid-19 mostra que a situação da pandemia no Noroeste Fluminense – Aperibé, Cambuci, Italva, Itaocara, , Itaperuna, Santo Antônio de Pádua, Varre-Sai, Porciúncula, Laje do Muriaé, Miracema, Natividade, São José de Ubá e Bom Jesus do Itabapoana – se encontra em alto risco, “bandeira vermelha”. As demais regiões, Baía da Ilha Grande, Médio Paraíba, Metropolitana I, Metropolitana II, Serrana, Baixada Litorânea e Norte se encontram em baixo risco, “bandeira amarela” e o Centro-Sul permanece em bandeira laranja (risco moderado). No geral, o Estado do Rio se mantém em bandeira amarela. A análise compara a semana epidemiológica 06 (de 7 a 13 de fevereiro) com a 04 (de 24 a 30 de janeiro) de 2021.

O Rio de Janeiro apresentou uma redução do número de óbitos (-40%) e de casos de internações por síndrome respiratória aguda grave (-31%) na comparação do período analisado. As taxas de ocupação de leitos no estado se mantiveram baixas. Nesta sexta-feira (26/02), esse índice estava em 62,1% para leitos de UTI e em 42,5% para leitos de enfermaria. Os resultados dos indicadores devem auxiliar na tomada de decisão dos gestores públicos, além de informar a necessidade de adoção de medidas restritivas, conforme o nível de risco de cada região.

De acordo com a nota técnica da Subsecretaria de Vigilância em Saúde, as regiões Noroeste e Metropolitana  são as que apresentam as maiores taxas de ocupação de UTI, com 93% e 74%, respectivamente. “É importante ressaltar que mesmo sendo preocupante a alta taxa de ocupação da região Noroeste, a região Norte, que está geograficamente próxima, apresenta uma taxa de ocupação de 40%, sendo uma opção de leitos de retaguarda” – destaca a Subsecretaria. As demais regiões apresentam as taxas de ocupação de UTI inferiores a 70%, não sendo um patamar suficiente para pontuar no indicador referente à capacidade do sistema. Todas as regiões apresentam taxas de ocupação de Enfermaria inferiores a 70%”. O balanço é atualizado diariamente e pode ser acompanhado pelo Portal Covid https://vacinacaocovid19.saude.rj.gov.br/vacinometro

A Secretaria de Estado de Saúde (SES) informou que, até o momento, recebeu do Ministério da Saúde (MS) 1.355.120 doses da vacina contra a Covid-19, sendo 974.120 da CoronavaVac e 381 mil da Oxford/AstraZeneca. Com a operação realizada na última quinta-feira (25.02), o total distribuído é 1.232.390 doses. Até as 9h desta sexta-feira, 92 municípios registraram 457.108 pessoas imunizadas com a 1ª dose contra a Covid-19. Destas, 112.886 já receberam a 2ª dose.