Regiões Norte e Noroeste Fluminense do Estado do Rio de Janeiro

Notícias Cardoso Moreira

FORMANDO CAMPEÕES. EDIÇÃO Nº 01

Portal Entre Cidades mostra como o esporte transformou vidas no norte e noroeste fluminense.

FORMANDO CAMPEÕES. EDIÇÃO Nº 01
Imagens
IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Por  Portal Entre Cidades

Iniciamos hoje, uma série de reportagens que contará a vida de esportistas de nossa região. Nesta primeira parte, contamos a vida de Vitinho, um cardosense que, através do esporte, transformou sua vida, superou as dificuldades da infância, e hoje ajuda crianças e adolescentes a serem campeões nas artes marciais.

Nascido e criado no interior do estado do Rio de Janeiro, João Victor Porto da Mota Gonçalves, viu no esporte uma chance única de superar as dificuldades, e mudar a vida de outras pessoas. Mais conhecido como Vitinho, tornou-se referência nas artes marciais na região norte e noroeste fluminense, tendo 22 lutas em seu card, com 17 vitórias e apenas cinco derrotas. Ele foi um dos pioneiros em adotar o Jiu-jitsu como sua profissão entre os moradores de Italva, sua cidade natal, e Cardoso Moreira, município onde passou a maior parte de sua vida e reside até hoje. Filho da dona Delba e do senhor João Gonçalves, Vitinho precisou aprender a lutar desde muito novo, aos quatro anos de idade, quando teve que lidar com o falecimento do pai, sendo criado pelo padrasto, o senhor Jorge Vasconcelos.

João Victor foi um garoto que, assim como a maioria dos brasileiros, teve uma vida de muita dificuldade, principalmente financeira, ao lado de suas doze irmãs, sendo onze paternas e uma materna. Tanto na infância, quanto na adolescência, passou algumas necessidades, mas, nada que pudesse lhe impedir de sonhar e lutar por um futuro melhor. Aos 16 anos, conheceu o jiu-jitsu, esporte que mudou o rumo de sua vida, lhe abrindo as portas para uma nova vida. Foi ali, no tatame, que focou e colocou seus objetivos e alcançou o sucesso, com a conquista de títulos.

Foi nesta fase da vida, que Vitinho enfrentou uma das lutas mais difíceis, quando conheceu o mundo das drogas. Para superar o vício, a arma usada também foi o amor pelo esporte, que falou mais alto e o ajudou a deixar para trás essa fase ruim de sua vida. Ainda aos 19 anos, tornou-se pai e, para sustentar João Ryan (12 anos), seu filho mais velho, precisou se ausentar um pouco do esporte. Neste período decidiu seguir a profissão de eletricista, quando atuou em várias empresas, morando em várias cidades pra conseguir trabalhar. E foi nessa fase que Vitinho descobriu uma outra paixão, ajudar as pessoas, quando iniciou, em 2011, o projeto social “Gladiador de Fé”, através do qual ensinava artes marciais para crianças carentes. Contudo, as idas e vindas que o trabalho lhe obrigava a fazer, impediram que desse prosseguimento ao projeto. Com os anos, também começou a praticar outras artes marciais, como o Muay Thai, na qual foi duas vezes campeão da Copa Litorânea de Muay Thai e uma vez da Copa Perfil, e o kickboxing, onde foi campeão estadual. Foi então que o amor pelo esporte falou novamente mais alto, e em 2016, decidiu largar o emprego e se dedicar exclusivamente a sua paixão: o jiu-jitsu. Atualmente, o projeto de Vitinho atende 18 crianças e adolescentes, muitos deles, campeões, com títulos estaduais e nacionais.

Aos 32 anos, Vitinho é casado com Aline Mendonça, e pai de mais três filhos: João Pietro (6 anos), Helena Maria (4 anos) e Emanuel (2 anos). Segue sendo o mesmo sonhador, lutando por dias melhores, não apenas para sua família, mas, também, para vários jovens de Cardoso Moreira, depositando na luta a esperança de um futuro melhor, e deixando um legado e exemplo para os filhos e alunos, e para sua amada cidade carinho, Cardoso Moreira.

Acesse o Instagram:

https://instagram.com/gladiadorvitinho?utm_medium=copy_link

 

Comentários:

Veja também

Seja bem vindo ao Portal Entre Cidades ! deixe aqui sua mensagem !