Regiões Norte e Noroeste Fluminense do Estado do Rio de Janeiro

ENTRE CIDADES ENTREVISTA COM EXCLUSIVIDADE O PREFEITO DE ITALVA LÉO PELANCA QUE COMEMORA 35 ANOS DE EMANCIPAÇÃO.

Prefeito do Município de Italva Léo Pelanca Concede entrevista exclusiva em comemoração aos 35 anos de Emancipação política e administrativa .

Prefeito do Município de Italva Léo Pelanca
A-
A+
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Por Entre Cidades 

 

Nesta quinta-feira dia 10 de Junho, o Portal  Entre Cidades, entrevistou com exclusividade o Prefeito eleito Léo Pelanca, sobre suas expectativas para o seu primeiro ano de gestão e quais são os projetos em andamento e desafios para os próximos anos.


 Entre Cidades:  - São muitos os desafios em uma administração, mas, qual tem sido sua maior dificuldade frente ao Governo de Italva?

Prefeito Léo Pelanca: - Organizar a administração num todo como planejei e como quero para o município, infelizmente com a queda da arrecadação devido ao período da crise que assola o País, temos que nos reinventar e nos desafiar sempre.  

 Entre Cidades: - Como esta a limpeza da cidade, quais são as prioridades?

Prefeito Léo Pelanca: - Meio Ambiente é uma pasta bem complexa. Engloba muita coisa, entre as principais, a coleta de lixo. Fico bem tranquilo quanto a isso, por que escolhemos um Jovem bem dinâmico, formado em Biologia e cheio de vontade de mostrar serviço, que é o Miguel Carvalho. No início observamos muitas dificuldades para a pasta, mas hoje percebo que tudo está entrando nos eixos. Espalhamos na cidade várias placas de "PROIBIDO JOGAR LIXO" para tentar conter as famosas bocas de lixo e conscientizar a população a nos ajudar a manter a cidade limpa. O Próximo passo é ao lado destas placas orientativas  colocar tonéis, dando mais opções para o morador, que por algum motivo ou outro não pode esperar o caminhão da coleta passar descartar o lixo. O Meio Ambiente em nossa gestão será sempre prioridade.


 Entre Cidades:  -O que foi feito de melhorias na saúde?

Prefeito Léo Pelanca: -  Hoje a Saúde é a pasta que merece maior atenção. É como diz o ditado, "COM SAÚDE NÃO SE BRINCA" Esta pandemia chegou, e todos sofremos com perdas significativas. As ações de enfrentamento e orientação estão sendo feitas desde o início do Governo. Sanitizações em ruas e repartições públicas, ações informativas, tanto em rádios quanto em carros de rua; forças tarefas de testagem, médicos e profissionais de saúde que atendem no Centro de covid. É lá que o Italvense que está com sintoma recebe o primeiro atendimento. Triplicamos os respiradores, ampliamos os espaços, humanizamos todo o centro, tudo isto na tentativa de enfrentar de forma mais preparada este maldito vírus. Através de decretos municipais, estamos seguindo a risca todas as orientações do M.P. já que agora as decisões estão sendo tomadas em conjunto entre o próprio M.P e os municípios que fazem parte da Região Norte/Noroeste do Estado. Covid-19 é uma guerra. E Só venceremos esta guerra se lutarmos juntos.

 Entre Cidades:  -Todos sabemos, que a pandemia de Covid-19 é um dos maiores desafios da atualidade. Como está sendo o enfrentamento a esta crise?

Prefeito Léo Pelanca: - Realmente é muito delicado esse momento, sabemos que as pessoas precisam trabalhar, então não adianta fechar tudo e impossibilitar as pessoas de buscarem seus sustentos, mas, ao mesmo tempo precisamos que as pessoas colaborem não desrespeitando e infringindo as regras, hoje o importante é mantermos o distanciamento e nos cuidar. Tudo é muito complexo nesse momento de pandemia.


 Entre Cidades:  - Como é participar de 35 anos de Italva como Prefeito?

Prefeito Léo Pelanca: - Olha. É um privilégio enorme. Ser prefeito de Italva é um sonho antigo não só meu, mas de vários amigos e amigas que nos acompanham. É um momento único e ao mesmo tempo uma responsabilidade muito grande. Devido à pandemia, não podemos dar um presente de aniversário em forma de entretenimento, o nosso povo merece, seria um momento esperado por todos, como sempre foi feito, mas tenho certeza que isso tudo vai passar e com a ajuda de Deus vamos vencer esse grande mal. São 35 anos de muita luta. Os emancipistas jamais poderão deixar de ser lembrados. Realmente é enorme alegria poder representar Italva em todo canto do País como prefeito. É nossa obrigação fazer sempre o melhor para todo o Italvense.

 Entre Cidades:  - E as parcerias com órgãos Estaduais?

Prefeito Léo Pelanca: - Graças a Deus, nesses quase sete meses de governo, estamos ampliando cada vez mais parcerias para benefício de Italva. Cito aqui a Emater Rio por exemplo. Os próprios amigos da Emater, falam que nunca ouve aproximação tão constante e forte como o momento atual entre nosso governo e o órgão. Uma coisa acaba puxando a outra. As nossas associações rurais também estão chegando pra perto e estamos fazendo várias reuniões para dar mais subsídio ao homem do campo em Italva. Hoje, nosso arroz é reconhecido mundialmente, estamos preparando mais apoio para em breve dar notoriedade a nosso café também. O apoio de vários amigos Deputados Federais e Estaduais é fundamental nessas parcerias. Como sempre digo: Se é para o benefício da cidade, vou onde tiver de ir sem medir esforço. Fui eleito para isso. É mais que minha obrigação.

 Entre Cidades: - Vimos que seu governo está oferecendo um programa de negociação de IPTU para quem está em débito com o município. O que pretende com esta arrecadação?

Prefeito Léo Pelanca: - Na verdade, o  REFIS que nós instituímos abrangem todos os débitos tributários vencidos até 31/12/2020 e não apenas o IPTU.

A secretaria Municipal de Fazenda identificou que o município possui aproximadamente 3 MILHÕES de reais em tributos que não foram pagos pelos contribuintes.

O objetivo do programa é permitir que as pessoas paguem seus débitos, com descontos de até 100% nas multas e nos juros, ficando quites com a municipalidade, evitando ações judiciais e a inclusão de seus nomes nos cadastros de inadimplentes.
Os recursos obtidos através do REFIS poderão ser usados na execução de obras públicas, no custeio dos serviços de saúde ou até mesmo na aquisição de equipamentos e veículos para atender a população. 
Apenas depois de 30 de setembro de 2021 (prazo final para adesão ao programa) é que saberemos qual a expectativa de receita gerada a curto, médio e longo prazo. É essa informação que vai permitir definir a efetiva destinação dos recursos, de acordo com sua entrada nos cofres da prefeitura.

Entre Cidades: - Quais são as suas considerações Finais. Fique a Vontade.

Prefeito Léo Pelanca: -  Gostaria de pedir a cada cidadão Italvense, que tenham muita fé em nosso Governo. Que orem por nós. Os desafios são assustadores, mas com Deus na frente tudo dará certo. Nosso slogan sempre pregou pela confiança, e é isso que pedimos a cada Italvense. Estamos tentando fazer o melhor em todos os sentidos para nossa cidade e precisamos de cada um. Que Deus abençoe cada familiar Italvense e que venham muitos e muitos anos de vida para nossa amada cidade. PARABÉNS ITALVA!

  • COMPARTILHE

ENTRE CIDADES ENTREVISTA COM EXCLUSIVIDADE O PREFEITO DE ITALVA LÉO PELANCA QUE COMEMORA 35 ANOS DE EMANCIPAÇÃO.

10/06/2021 16:43


Por Entre Cidades 

 

Nesta quinta-feira dia 10 de Junho, o Portal  Entre Cidades, entrevistou com exclusividade o Prefeito eleito Léo Pelanca, sobre suas expectativas para o seu primeiro ano de gestão e quais são os projetos em andamento e desafios para os próximos anos.


 Entre Cidades:  - São muitos os desafios em uma administração, mas, qual tem sido sua maior dificuldade frente ao Governo de Italva?

Prefeito Léo Pelanca: - Organizar a administração num todo como planejei e como quero para o município, infelizmente com a queda da arrecadação devido ao período da crise que assola o País, temos que nos reinventar e nos desafiar sempre.  

 Entre Cidades: - Como esta a limpeza da cidade, quais são as prioridades?

Prefeito Léo Pelanca: - Meio Ambiente é uma pasta bem complexa. Engloba muita coisa, entre as principais, a coleta de lixo. Fico bem tranquilo quanto a isso, por que escolhemos um Jovem bem dinâmico, formado em Biologia e cheio de vontade de mostrar serviço, que é o Miguel Carvalho. No início observamos muitas dificuldades para a pasta, mas hoje percebo que tudo está entrando nos eixos. Espalhamos na cidade várias placas de "PROIBIDO JOGAR LIXO" para tentar conter as famosas bocas de lixo e conscientizar a população a nos ajudar a manter a cidade limpa. O Próximo passo é ao lado destas placas orientativas  colocar tonéis, dando mais opções para o morador, que por algum motivo ou outro não pode esperar o caminhão da coleta passar descartar o lixo. O Meio Ambiente em nossa gestão será sempre prioridade.


 Entre Cidades:  -O que foi feito de melhorias na saúde?

Prefeito Léo Pelanca: -  Hoje a Saúde é a pasta que merece maior atenção. É como diz o ditado, "COM SAÚDE NÃO SE BRINCA" Esta pandemia chegou, e todos sofremos com perdas significativas. As ações de enfrentamento e orientação estão sendo feitas desde o início do Governo. Sanitizações em ruas e repartições públicas, ações informativas, tanto em rádios quanto em carros de rua; forças tarefas de testagem, médicos e profissionais de saúde que atendem no Centro de covid. É lá que o Italvense que está com sintoma recebe o primeiro atendimento. Triplicamos os respiradores, ampliamos os espaços, humanizamos todo o centro, tudo isto na tentativa de enfrentar de forma mais preparada este maldito vírus. Através de decretos municipais, estamos seguindo a risca todas as orientações do M.P. já que agora as decisões estão sendo tomadas em conjunto entre o próprio M.P e os municípios que fazem parte da Região Norte/Noroeste do Estado. Covid-19 é uma guerra. E Só venceremos esta guerra se lutarmos juntos.

 Entre Cidades:  -Todos sabemos, que a pandemia de Covid-19 é um dos maiores desafios da atualidade. Como está sendo o enfrentamento a esta crise?

Prefeito Léo Pelanca: - Realmente é muito delicado esse momento, sabemos que as pessoas precisam trabalhar, então não adianta fechar tudo e impossibilitar as pessoas de buscarem seus sustentos, mas, ao mesmo tempo precisamos que as pessoas colaborem não desrespeitando e infringindo as regras, hoje o importante é mantermos o distanciamento e nos cuidar. Tudo é muito complexo nesse momento de pandemia.


 Entre Cidades:  - Como é participar de 35 anos de Italva como Prefeito?

Prefeito Léo Pelanca: - Olha. É um privilégio enorme. Ser prefeito de Italva é um sonho antigo não só meu, mas de vários amigos e amigas que nos acompanham. É um momento único e ao mesmo tempo uma responsabilidade muito grande. Devido à pandemia, não podemos dar um presente de aniversário em forma de entretenimento, o nosso povo merece, seria um momento esperado por todos, como sempre foi feito, mas tenho certeza que isso tudo vai passar e com a ajuda de Deus vamos vencer esse grande mal. São 35 anos de muita luta. Os emancipistas jamais poderão deixar de ser lembrados. Realmente é enorme alegria poder representar Italva em todo canto do País como prefeito. É nossa obrigação fazer sempre o melhor para todo o Italvense.

 Entre Cidades:  - E as parcerias com órgãos Estaduais?

Prefeito Léo Pelanca: - Graças a Deus, nesses quase sete meses de governo, estamos ampliando cada vez mais parcerias para benefício de Italva. Cito aqui a Emater Rio por exemplo. Os próprios amigos da Emater, falam que nunca ouve aproximação tão constante e forte como o momento atual entre nosso governo e o órgão. Uma coisa acaba puxando a outra. As nossas associações rurais também estão chegando pra perto e estamos fazendo várias reuniões para dar mais subsídio ao homem do campo em Italva. Hoje, nosso arroz é reconhecido mundialmente, estamos preparando mais apoio para em breve dar notoriedade a nosso café também. O apoio de vários amigos Deputados Federais e Estaduais é fundamental nessas parcerias. Como sempre digo: Se é para o benefício da cidade, vou onde tiver de ir sem medir esforço. Fui eleito para isso. É mais que minha obrigação.

 Entre Cidades: - Vimos que seu governo está oferecendo um programa de negociação de IPTU para quem está em débito com o município. O que pretende com esta arrecadação?

Prefeito Léo Pelanca: - Na verdade, o  REFIS que nós instituímos abrangem todos os débitos tributários vencidos até 31/12/2020 e não apenas o IPTU.

A secretaria Municipal de Fazenda identificou que o município possui aproximadamente 3 MILHÕES de reais em tributos que não foram pagos pelos contribuintes.

O objetivo do programa é permitir que as pessoas paguem seus débitos, com descontos de até 100% nas multas e nos juros, ficando quites com a municipalidade, evitando ações judiciais e a inclusão de seus nomes nos cadastros de inadimplentes.
Os recursos obtidos através do REFIS poderão ser usados na execução de obras públicas, no custeio dos serviços de saúde ou até mesmo na aquisição de equipamentos e veículos para atender a população. 
Apenas depois de 30 de setembro de 2021 (prazo final para adesão ao programa) é que saberemos qual a expectativa de receita gerada a curto, médio e longo prazo. É essa informação que vai permitir definir a efetiva destinação dos recursos, de acordo com sua entrada nos cofres da prefeitura.

Entre Cidades: - Quais são as suas considerações Finais. Fique a Vontade.

Prefeito Léo Pelanca: -  Gostaria de pedir a cada cidadão Italvense, que tenham muita fé em nosso Governo. Que orem por nós. Os desafios são assustadores, mas com Deus na frente tudo dará certo. Nosso slogan sempre pregou pela confiança, e é isso que pedimos a cada Italvense. Estamos tentando fazer o melhor em todos os sentidos para nossa cidade e precisamos de cada um. Que Deus abençoe cada familiar Italvense e que venham muitos e muitos anos de vida para nossa amada cidade. PARABÉNS ITALVA!

Inscreva-se Newsletter

Inscreva-se em nossa newsletter e receba em primeira mão nossas novidades!
[CARREGANDO...]

Parceiros

Publicidade

Deixe o seu contato aqui !