Regiões Norte - Noroeste e Lagos do Estado do Rio de Janeiro

Deus seja louvado!

Notícias Geral

E-commerce: abandono de carrinho pode ser revertido

Apesar de muito frequente, esse tipo de comportamento por parte dos consumidores não é sinal de que uma venda foi perdida.

E-commerce: abandono de carrinho pode ser revertido
Abandono de carrinho pode ser revertido
IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Abandono de carrinho é uma prática conhecida para quem trabalha com e-commerce. De acordo com pesquisa realizada pelo Opinion Box, Abandono de Carrinho 2022, com mais de 2000 consumidores, 78% dos entrevistados têm o hábito de desistir de uma compra ao chegar na etapa final, sendo o valor do frete o grande motivador.

De acordo com Ricardo Nazar, especialista em Growth, o abandono de carrinho é uma prática bastante prejudicial para o empresário. “É preciso estar atento a esse tipo de comportamento para que estratégias bem definidas sejam desenvolvidas, afinal, o cliente passou por todas as etapas da compra e não finalizou. O que pode ter causado isso?”, explica Nazar.

Ainda segundo a pesquisa, outros motivos que levam ao abandono de carrinho são produtos mais baratos em outros sites (38%), cupom de desconto que não funciona (35%), cobrança por serviços ou taxas não esperados (32%), prazo de entrega muito longo (29%).

Nazar relata que uma boa técnica para tentar trazer esse cliente de volta é o contato direto, “seja por e-mail, WhatsApp ou SMS ao oferecer um desconto ou vantagem a probabilidade de um prospect finalizar a compra aumenta muito”. Esse cenário pode ser confirmado também por números, pois, segundo a pesquisa realizada pelo Opinion Box, 33% dos entrevistados afirmaram ser “muito provável” a chance de finalização da compra abandonada diante de uma proposta de oferta feita pela loja.

O que leva um consumidor a comprar em um e-commerce?

Diversos fatores contribuem para a determinar uma compra on-line. E o maior medo do consumidor é ser vítima de algum tipo de golpe. 56% dos entrevistados prezam pela confiabilidade do site.

Preços mais baixos (52%), promoções e ofertas (51%), já ter comprado anteriormente (21%), facilidade de navegação (21%) e variedade de formas de pagamento (21%) também pesam na decisão.




Website: https://www.ricardonazar.com/
FONTE/CRÉDITOS: DINO
Comentários:

Veja também