O Seu Portal De Notícias !

Deus seja louvado!
Supermercados Fluminense
Supermercados Fluminense

Notícias Brasil

Casos de dengue no estado do Rio aumentam 56% em uma semana

Foram registrados 14.175 novos casos desde o dia 5 de fevereiro. Durante o Carnaval, a Secretaria de Saúde está oferecendo aplicação de repelentes aos foliões na Avenida.

Casos de dengue no estado do Rio aumentam 56% em uma semana
© José Cruz/Agência Brasil
IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

O estado do Rio de Janeiro registrou 39.311 casos prováveis de dengue e três óbitos de janeiro a 12 de fevereiro desse ano. Os dados são do Painel Monitora, da Secretaria de Estado de Saúde. Chama a atenção o aumento expressivo em apenas uma semana. No último balanço, em 5 de fevereiro, eram 25.136 casos. Ou seja, houve 14.175 novos registros, crescimento de 56%.

Para efeitos de comparação, em todo o ano passado, o Centro de Inteligência em Saúde (CIS-RJ), da Secretaria, contabilizou 51.479 registros prováveis da doença, com 32 mortes.

Nesse período de Carnaval, a Secretaria de Saúde disse que está oferecendo aplicação de repelentes aos foliões na Avenida. E que está qualificando profissionais de saúde de todos os 92 municípios do estado para atender a população, além de distribuir insumos e equipamentos aos municípios com maior incidência de casos.

Continua depois da publicidade

Leia Também:

“O combate ao mosquito da dengue é coletivo e toda sociedade deve participar com ações de controle, principalmente nas residências, onde estão cerca de 80% dos criadouros”, disse Claudia Mello, secretária de Estado de Saúde.

O município do Rio de Janeiro está em estado de emergência e reconhece oficialmente que vive uma epidemia. Já foram confirmados 13.550 casos da doença na capital fluminense em 2024. Isso representa mais da metade dos casos de 2023 e quase o triplo de casos de 2022. As áreas da cidade com maior incidência da doença são os bairros de Campo Grande e Guaratiba, na Zona Oeste, com 476 casos para cada 100 mil habitantes.

FONTE/CRÉDITOS: Rafael Cardoso - Repórter da Agência Brasil
Comentários:

Venha fazer um Bom Negócio!

Cadastre-se agora!