Região Norte Fluminense | Notícias Noroeste Fluminense | Entre Cidades

Deus seja louvado!

Notícias Campos dos Goytacazes

Campos - CEAM completa nesta quinta um ano de atividade e realizou mais de 700 atendimentos

A data vai ser marcada com um evento na sede do Centro, unindo todos os equipamentos que formam rede de apoio

Campos - CEAM completa nesta quinta um ano de atividade e realizou mais de 700 atendimentos
IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

O Centro Especializado de Atendimento à Mulher Mercedes Baptista (CEAM) completa, nesta quinta-feira (22), um ano de atividade, reforçando a rede de apoio municipal no combate à violência contra mulheres e meninas. Para marcar a data, a Subsecretaria Municipal de Políticas para as Mulheres, realiza, às 16h, um evento na sede do Centro, na Rua dos Goytacazes, 257, no Parque Turf Club, no qual a pasta vai unir todos os equipamentos de prevenção e combate à violência e proteção às vítimas de violência doméstica.

A subsecretária de Políticas para as Mulheres, Josiane Viana, relata que, desde o início do governo Wladimir Garotinho, foram registradas muitas conquistas em prol dos direitos e proteção às mulheres. “O trabalho desenvolvido pelo Centro é o que faltava para completar a rede de enfrentamento e combate à violência contra a mulher e meninas. Trabalhamos para estender e dar o atendimento especializado à mulher em situação de violência e isso é primordial. Nossa equipe garante um atendimento humanizado e especializado, que minimiza a dor da mulher. Uma mulher empoderada e segura criará seus filhos de maneira que não aceitem abusos e não sustentem situações de violência doméstica”, diz Josiane.

O CEAM oferece atendimento psicossocial às mulheres que sofreram violência, incluindo psicoterapia, em local adequado para acolhimento, com equipe capacitada e sensibilizada sobre a questão da violência de gênero. Possui espaços elaborados para terapia individual, terapia em grupo, triagem psicossocial, oficinas de trabalho, palestras e reuniões. Conta também com uma brinquedoteca para as atividades de acolhimento para as crianças que acompanham as mães durante os atendimentos.

Em agosto deste ano, o prefeito Wladimir Garotinho sancionou a Lei 9199, que institui o Sinal Vermelho, sendo mais um mecanismo de combate e prevenção à violência doméstica e familiar, a Lei 9200 que confere o Selo Empresa Amiga da Mulher, às empresas que contribuem com ações e projetos de promoção e defesa dos direitos da mulher, e ainda a Lei 9201, que institui o dia 25 de novembro como “Dia Laranja”, dedicado ao enfrentamento à violência contra mulheres e meninas.

FONTE/CRÉDITOS: SUPCOM/ Por: Angélica Paes - Foto: César Ferreira
Comentários:

Veja também